Open navigation

Palavra da Presidente

A Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul – APESC, atenta ao seu compromisso com a melhoria da qualidade de vida da população, orgulha-se de ser uma entidade comunitária de referência nacional, título a que faz jus pelo trabalho sério que vem realizando por mais de cinco décadas, desde 1962, com qualidade, compromisso social e humanismo, através de suas mantidas: a Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC, a Escola de Educação Básica Educar-se, o Centro de Educação Profissional da UNISC – CEPRU e o Hospital Santa Cruz – HSC.A Associação vem enfrentando com coragem os desafios que se apresentam, alicerçada e respaldada por uma comunidade que lhe credita confiança e que atua conjuntamente na busca de encaminhamentos adequados às mais diversas situações. É por isso que, mesmo diante de cenários turbulentos na política e na economia do País, com reflexos contundentes nas áreas de educação e saúde, a APESC busca a manutenção do equilíbrio econômico-financeiro, sem perder a qualidade dos serviços prestados.

Durante do ano de 2016, todas as mantidas da APESC precisaram tomar decisões para garantir o equilíbrio entre receita e despesa, com a revisão de políticas e diretrizes orçamentárias, para dar conta das necessidades institucionais.

Contudo, ao finalizarmos o Relatório de Responsabilidade Social e o Balanço Social da APESC, percebemos, com satisfação, que, mesmo em um cenário difícil, os objetivos foram alcançados.  Projetos e  ações de ensino, pesquisa e extensão nas áreas de saúde, educação, desenvolvimento social, tecnológico e ambiental, arte e cultura e assistência judiciária, realizados em Santa Cruz do Sul e em municípios da região, beneficiaram em torno de 550 mil pessoas. Esse dado evidencia e fortalece a identidade comunitária da APESC, bem como seu propósito de, cada vez mais, continuar, ampliar e qualificar os serviços prestados por suas mantidas, visando fomentar o exercício da cidadania e da inclusão social.

Por mais um ano de superação e de conquistas, a entidade agradece àqueles que fazem da APESC esta entidade respeitada e admirada no cenário nacional.

Carmen (5)

Profª Carmen Lúcia de Lima Helfer,

Presidente da APESC.


Apesc

APESC-1-1024x521-1024x521

A Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (Apesc) foi fundada com o objetivo de promover ações em favor do desenvolvimento e do aperfeiçoamento do ensino em todos os seus graus, criando escolas técnicas e faculdades na região. Surgiu por iniciativa de lideranças da comunidade situada no interior gaúcho, que viam com preocupação o êxodo de seus jovens que, ano após ano, saíam de sua terra natal, dirigindo-se a outros centros em busca de formação.

Quando as lideranças locais se reuniram para definir o estatuto e fundar a Apesc, já havia a preocupação em deixar as portas abertas a todos e, assim, tornar-se uma Instituição sem donos. A Apesc teve, pois, desde o início, uma vocação pública, nunca tendo permitido a inclusão de pessoas físicas como associadas. Foi constituída e sempre foi dirigida e fiscalizada por pessoas representantes de entidades, conselhos, sindicatos e associações da comunidade.

Passadas mais de cinco décadas, a Apesc vê com orgulho o desenvolvimento de suas mantidas – a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), a Escola de Educação Básica Educar-se, o Centro de Educação Profissional da Unisc (Cepru) e o Hospital Santa Cruz (HSC) –, respeitando a autonomia de cada uma delas. Mantém-se, no entanto, alerta e disposta a ouvir, aconselhar e ser aconselhada, respaldando suas ações. As mantidas são conhecidas pela qualidade, pela capacidade de inovação, pela ética e pelo compromisso assumido com os valores humanos e com a comunidade.


Missão e Visão

Missão

Promover o desenvolvimento regional por meio da criação e/ou instituição e manutenção de instituições de educação, saúde e comunicação que prestem serviços sem fins lucrativos com responsabilidade socioambiental.

Visão

Ser uma Associação Comunitária de referência Nacional em serviços de educação, de saúde, de preservação ambiental e de comunicação social, pela alta qualidade, confiabilidade e responsabilidade social de suas ações.


Objetivos

– Criar, instalar e manter estabelecimentos de ensino de nível superior e de outros níveis, bem como estabelecimentos de saúde, todos sem fins lucrativos, de natureza assistencial;

– Mobilizar recursos econômicos, técnicos e humanos no sentido da manutenção e do desenvolvimento da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e das demais mantidas;

– Atuar nas diversas áreas de conhecimento, bem como nas áreas de esporte, comunicação, educação ambiental, turismo ecológico e na preservação e conservação do meio ambiente;

– Prestar serviços especializados a pessoas jurídicas de direito público e/ou privado, nacionais e/ou estrangeiras, notadamente nas áreas de atuação de suas mantidas, no ensino, na pesquisa, na extensão e nas áreas social, jurídica, de saúde, de engenharia, de arquitetura, de arqueologia e nas áreas técnicas e de tecnologia em geral, conforme seus estatutos, regimentos e/ou regulamentos.


Histórico

A história da Apesc teve início em 17 de março de 1962, quando a Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul foi fundada. A partir da sua criação, deu-se início a intensos trabalhos para atender a um grande anseio da comunidade: a abertura dos primeiros cursos superiores em Santa Cruz do Sul. Esse objetivo começou a ser atingido em 1964, com a criação da Faculdade de Ciências Contábeis, com o curso de Ciências Contábeis.

Nos anos seguintes, foram sendo instaladas as Faculdades de Filosofia, Ciências e Letras, em 1967; de Direito, em 1968; e a Escola Superior de Educação Física, em 1970. Em 1981, o somatório dessas quatro faculdades deu origem às Faculdades Integradas de Santa Cruz do Sul (Fisc). Naquele mesmo ano, a Fisc passou a oferecer cursos em regime especial de férias, possibilitando a formação de professores nos cursos de licenciatura.

Em 1984, a busca pela implantação de uma escola de 1º e 2º graus deu origem à Escola de Educação Básica Educar-se.

Com a implementação de novos cursos superiores, em 1993 a Fisc foi reconhecida pelo MEC como universidade, passando a ser denominada Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc).

Em 1994, implementou o Mestrado em Desenvolvimento Regional, seu primeiro programa de pós-graduação stricto sensu.

A partir de 1998, a Unisc passou a ofertar cursos de graduação fora da sua sede. Atualmente, está presente nos municípios de Sobradinho, Capão da Canoa, Venâncio Aires e Montenegro. Além da atuação na educação superior e básica, a partir de 1999 a Apesc também passou a oferecer cursos técnicos, com a criação do Centro de Educação Profissional da Unisc (Cepru), uma nova mantida da entidade.

A diversificação de atividades prosseguiu em 2003, com a aquisição do Hospital Santa Cruz (HSC), maior e mais antiga casa de saúde de Santa Cruz do Sul e o principal centro de saúde do Vale do Rio Pardo. Trata-se de uma Instituição sem fins lucrativos, que tem o compromisso de garantir à comunidade saúde com qualidade, dignidade e infraestrutura adequada.

Os bons resultados em todas as avaliações do MEC e as muitas premiações obtidas mostram que a Associação e suas mantidas estão no caminho certo. O conjunto de iniciativas voltadas à educação, à saúde e à assistência social, somado ao lançamento constante de novos cursos de graduação e de pós-graduação e à instalação de unidades em diversos municípios, reiteram a seriedade e o engajamento da Apesc no compromisso com o desenvolvimento contínuo da comunidade.


Estrutura administrativa

A Apesc promove a participação da comunidade local na tomada de decisões, estimulando a democracia na forma como os rumos de suas mantidas são decididos. Três instâncias respondem por esse trabalho:

Assembleia Geral Comunitária: formada por 77 membros de variados segmentos da comunidade local, representantes de órgãos públicos, educandários, iniciativa privada, organizações não governamentais, sindicatos e entidades da sociedade civil organizada.

Conselho Superior: integrado por 11 pessoas, sendo elas: Presidente e Vice-Presidente da Apesc, Reitora e Pró-Reitor de Administração da Unisc, Presidente da Associação dos Docentes da Unisc (Adunisc) e seis membros eleitos pela Assembleia Geral Comunitária.

Direção: constituída por Presidente e Vice-Presidente, atualmente, Professora Carmen Lúcia de Lima Helfer e Jacob Braun, respectivamente.


Participação em associações

Atualmente, a Apesc integra a Confederação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos (CMB), associação sem fins lucrativos ou econômicos, com sede em Brasília (DF).


Responsabilidade Social e Ambiental

O compromisso de responsabilidade social, assumido pela Apesc, está presente no seu exercício diário de conscientizar, humanizar, formar profissionais e informar cidadãos. Por isso, ciente da importância das suas iniciativas nas áreas da saúde, da educação, da assistência social e do meio ambiente, a Apesc presta serviços à sociedade, por meio de suas mantidas, buscando capacitar e promover o crescimento social e intelectual das pessoas, articulando estratégias de mobilização comunitária, de inclusão social e de desenvolvimento sustentável.


Recursos Humanos Apesc

Os colaboradores da Apesc Educação (Unisc, Cepru e Escola Educar-se), lotados em suas diversas mantidas, distribuem-se por:

Gênero (Apesc Educação)

Mulheres – 897

Homens – 678

Cargos de chefia (Apesc Educação)

Mulheres – 50,38%

Homens – 49,62%

 

Faixa Etária

Qualificação Docente

*Professores da Escola Educar-se, Cepru e Centro de Línguas.
**Sendo oito com superior incompleto em andamento.

Qualificação dos técnicos administrativos

Antiguidade funcional

 

Turnover

Docentes – 12,26%

Técnicos administrativos – 11,17%

Número de sindicalizados

Sinpro – 245

Sintae – 87

 

Número de Aposentados – 101
Admissões Apesc Educação – 128
Admissões Apesc – 440

Demissões Apesc Educação – 240
Demissões Apesc – 511
Pessoas com deficiência – 108


Canais de comunicação da Apesc Educação


Ouvidoria da Unisc

O serviço de Ouvidoria, disponibilizado pela Apesc Educação (Unisc, Educar-se e Cepru), funciona como um canal de comunicação com os seus públicos, por meio do qual qualquer pessoa pode manifestar democraticamente suas opiniões. O setor recebe consultas, elogios, sugestões e reclamações; encaminha-os aos setores competentes; e transmite as respostas aos solicitantes.

No ano de 2016 foram contabilizados 829 atendimentos na Ouvidoria, sendo 335 consultas, 123 elogios, 322 reclamações e 49 sugestões.

Unisc TV

A Unisc TV é uma televisão universitária com programação voltada principalmente à educação, cultura, saúde e sustentabilidade. Busca ser um elo de comunicação entre a Universidade e a comunidade, difundindo saberes e debatendo temas de interesse local, regional e universal.

Fundada em 1996, a Unisc TV é transmitida pelo canal 15 da NET Santa Cruz do Sul. Desde 2010, disponibiliza todos os seus programas também na internet (www.unisctvblog.blogspot.com e www.youtube.com/unisctvblog), ampliando, assim, o público que pode assistir às produções.

A equipe da Unisc TV conta com profissionais de jornalismo, cinegrafistas e estagiários do curso de Comunicação Social, envolvidos em cinco programas produzidos localmente. A Unisc TV é parceira do Canal Futura e é filiada à Associação Brasileira de Televisão Universitária (ABTU). Também mantém articulação com as demais emissoras do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung), com o objetivo de construir um intercâmbio de produções.

Desde o 2º semestre de 2016, a equipe da Unisc TV produz o Minuto Unisc, que veicula informações relativas às ações e às atividades desenvolvidas na e/ou pela Unisc. O material é veiculado na programação da Unisc TV, no site e no Facebook da Unisc e nas redes sociais da Unisc TV (Youtube, Facebook e Instagram). O Minuto Unisc busca, ainda, propiciar ao público em geral uma maneira rápida e leve de se informar sobre os principais acontecimentos da Instituição.

Jornal da Unisc

O Jornal da Unisc tem versões impressa e digital. Por meio dele são divulgadas informações e novidades sobre as atividades de ensino, de pesquisa e de extensão da Universidade. O jornal pode ser retirado gratuitamente em 40 pontos, os quais abrangem todos os cinco campi da Unisc, escolas, estabelecimentos comerciais, espaços culturais e locais de grande circulação de pessoas.

Internet e Intranet

Com a finalidade de encurtar as distâncias e tornar a comunicação dinâmica e acessível, os sites funcionam como importantes canais, divulgando informações institucionais para os públicos interno e externo, além de possibilitarem o contato rápido entre os setores.

www.unisc.br

www.educar-se.unisc.br

www.unisc.br/cepru

www.intra.unisc.br

www.intra.unisc.br/vetorhweb

Facebook

Unisc – Informa aos alunos e à comunidade sobre tudo o que acontece na Instituição, além de promover ações que visam à melhor interação com o público.

facebook.com/unisc

Escola Educar-se – compartilha informações e fotos sobre o que acontece na Escola.

facebook.com/EscolaEducarSe

Twitter

Canal de diálogo entre os estudantes e as instituições de ensino (Unisc e Escola Educar-se). Os alunos são avisados sobre o universo acadêmico e estudantil e tiram suas dúvidas sobre os eventos e os assuntos que envolvem as instituições.

twitter.com/unisc

twitter.com/escolaeducarse

Youtube

Utilizado para divulgar os vídeos das campanhas e das ações institucionais.

youtube.com/Uniscscs

youtube.com/educarseescola

Recursos Humanos – Apesc Educação


Benefícios

Dentro da política da Apesc de valorização do funcionário, são oferecidos aos técnicos administrativos e aos docentes da Unisc, do Cepru e da Escola Educar-se os seguintes benefícios:

  • Auxílio-creche;
  • Desconto nas mensalidades da Escola Educar-se;
  • Desconto nas mensalidades de cursos de graduação na Unisc, conforme convenção coletiva de trabalho;
  • Plano de saúde e odontológico;
  • Vale-alimentação para técnicos administrativos;
  • Seguro de vida;
  • Programa de capacitação para docentes e técnicos administrativos; e
  • Programa Asas e Asas Junior de Qualidade de Vida.

Os terceirizados também têm o benefício de participar das capacitações para os técnicos administrativos.

Capacitação e desenvolvimento

Desenvolvimento Humano – Capacitação e Desenvolvimento

  • Integração de Novos Funcionários: foram promovidas 12 integrações, somando um total de 67 participantes.
  • Programa de Capacitação: foram realizadas 121 capacitações na Unisc, contabilizando 7.093 horas de capacitação investidas, atingindo um total de 1.863 funcionários. Para o Programa, o Setor de Recursos Humanos contou com 61 capacitadores internos e 17 externos, totalizando 78 capacitadores que atuaram no Programa em 2016.
  • Bolsas de Línguas: 13 funcionários foram contemplados de acordo com os critérios do Modelo Integrado de Gestão de Pessoas.
  • Bolsas de Pós-Graduação e de Extensão: 13 técnicos administrativos foram contemplados com bolsas para programas de pós-graduação lato sensu e stricto sensu (horas afastamento).
  • Cursos e Eventos Externos: contemplou 44 técnicos administrativos.

Programa Pertencer

Somando-se às diversas ações de desenvolvimento humano e profissional realizadas na Unisc, trata-se de uma iniciativa para promover a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Para tanto, o Programa incentiva a contratação, o acolhimento e o desenvolvimento de pessoas com deficiência e também dos grupos de trabalho nos quais elas venham a atuar. Além disso, busca a acessibilidade desse público a programas de qualificação e de desenvolvimento e a atividades do ensino formal na Universidade. O Programa abrange técnicos administrativos, docentes, gestores, aprendizes, estagiários curriculares e extracurriculares e acadêmicos.

Recrutamento e Seleção

  • No ano de 2016 foram realizados 141 processos seletivos pelo Setor de Recursos Humanos. Destes, oito processos foram de Recrutamento Interno, totalizando 2.403 inscritos, sendo 164 empregados da Instituição.
  • Foram selecionados 95 técnicos administrativos e 44 estagiários nos processos seletivos realizados em 2016.

Programa Asas Qualidade de Vida

Ofertado gratuitamente para funcionários, aprendizes e estagiários remunerados, o Programa Asas Qualidade de Vida promove variadas atividades físicas que visam à integração do sujeito em seu estado físico-psíquico-social. As atividades são realizadas no campus-sede da Unisc, onde são oferecidas as seguintes modalidades: Ginástica Laboral, Musculação, Ioga, Atividades Aquáticas, Dança de Salão, Judô e Power Dance Mix. Já os campi de Venâncio Aires, de Capão da Canoa e de Montenegro possuem convênio com academias, em parceria com instituições dos respectivos municípios.

Outra prática adotada pelo Setor de Recursos Humanos da Unisc, através do SESMT, é a possibilidade de os funcionários serem encaminhados para sessões de psicoterapia, com o auxílio da Instituição no suporte dos custos. Sendo diagnosticada a necessidade de um acompanhamento psicológico, os empregados podem realizar o tratamento com profissionais credenciados, pelo Setor de Recursos Humanos/SESMT, nos seus respectivos consultórios, e receber o auxílio de pagamento, com base em uma tabela que informa o desconto de acordo com os cargos.

Programa Asas Júnior de Qualidade de Vida

O Programa visa sensibilizar os funcionários e estagiários remunerados para que, junto com seus filhos, tenham uma vivência com qualidade, alegria e saúde. Esse programa prevê a integralidade do indivíduo por meio da aproximação da família, promovendo o bem-estar e qualidade de vida, atendendo às diferentes necessidades das crianças e das famílias em um ambiente especialmente preparado para elas.

Atualmente são cinco as modalidades oferecidas: Natação, Judô, Patinação, Basquete e Ginástica de Trampolim. Cabe salientar que o objetivo do programa não é o de formar campeões, mas estimular as crianças à prática de exercícios físicos e à competição de forma saudável.

Ginástica Laboral

O cuidado com a saúde dos colaboradores é uma preocupação da Apesc. Uma das maneiras de estimular práticas saudáveis no ambiente de trabalho é por meio da ginástica laboral, tarefa realizada duas vezes por semana, em sessões que duram entre 10 e 15 minutos. As atividades da ginástica laboral variam de acordo com as necessidades dos beneficiados, como exercícios de respiração, de relaxamento, aeróbicos, alongamento e fortalecimento muscular. Todos os anos, a educadora física realiza uma avaliação física com os participantes dessa modalidade, com o objetivo de fornecer dados que irão auxiliar na prescrição de exercícios, motivar os alunos para alcançar possíveis metas estabelecidas, orientar o aluno sobre o conceito de aptidão física e seu corpo e sendo assim identificar possíveis riscos e motivar para uma atividade física.

Acidentes de trabalho

A Apesc Educação contabilizou oito acidentes de trabalho em 2016.

Evolução de acidentes de trabalho:

2014 2015 2016
1* e 2** 07** e 10*** 01*, 02** e 05***

* Acidentes perfurocortantes

** Acidentes típicos

*** Acidentes de trajeto

Programa de Aprendizagem

Considerando o acompanhamento que o Ministério do Trabalho e Emprego realiza junto à empregadora Apesc, em decorrência da Cota de Pessoas com Deficiência e devido à existência de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), para que a Instituição possa seguir a negociação das cláusulas de renovação do respectivo TAC ficou acordada a possibilidade de oferta de curso técnico-profissional para aprendizes com deficiência para sua capacitação, acompanhamento e inserção no mercado de trabalho.

O Curso de Aprendizagem Profissional para Assistente Administrativo, oferecido para pessoas com deficiência, terá a duração de 17 meses, incluindo férias, e está estruturado em três módulos, com carga horária total de 1.280 horas, sendo 400 horas de teoria, desenvolvidas pelo Cepru, e 880 horas de prática aplicada em uma das mantidas da Apesc.