Com o envolvimento do corpo docente e discente, de técnicos administrativos e familiares, a Escola de Educação Básica Educar-se fundamenta seu trabalho ao longo dos anos. As ações da Instituição, uma das mantidas da Apesc, são desenvolvidas com o entendimento de um pensar pedagógico aliado à realização de um ser capaz e potente, no que se refere ao entendimento da autonomia, da atitude de estudo, do pensamento crítico e, sobretudo, do olhar humano para com o outro.

Assim como nos últimos anos, em 2018 a Educar-se deu andamento ao processo de ampliação do educandário, com avanço em relação às turmas dos sextos anos. A infraestrutura que a Escola utiliza e onde está centralizada são as salas dos Blocos 6, 7 e 8 da Unisc. Em 2018, no entanto, a Instituição deu início aos projetos de ampliação das instalações e de revitalização da praça, que deverão ser concluídos antes do início do ano letivo de 2019.

Para o andamento das atividades, a Educar-se também compartilhou espaços com a Unisc. No cotidiano escolar, foram utilizados, por exemplo, laboratórios de Biologia, Química e Física, Biblioteca, complexo esportivo e salas climatizadas, com lousas interativas. Também foram realizadas parcerias com diversos cursos e setores, que possibilitaram vivências e experiências aos estudantes dentro dos cursos da Universidade.

Já entre as Disciplinas Facultativas houve ampliação do leque de possibilidades, com a oferta de Atletismo e de Língua Espanhola. Ao mesmo tempo, além dos projetos já existentes na Instituição, foram intensificados os de Educação Financeira, Saídas de Campo, Iniciação Científica, Leitura e Atualidades. No início do ano, a Escola também se lançou em mais uma edição do intercâmbio de Língua Inglesa, com a viagem de um grupo de estudantes à Inglaterra.

Para a Escola Educar-se, a integração, o trabalho coletivo e a cooperação são elementos essenciais. Na Instituição, todos aprendem juntos. Acredita-se que esse é o melhor caminho para a conquista de conhecimento e cultura. Para tanto, também foram promovidas diversas ações ao longo de 2018, como curso de meditação; capacitação do corpo docente com a doutora em Educação, Cris Vieira; lançamento de mais uma edição do Álbum de Figurinhas, com a realização de atividades sustentáveis e artísticas para a conquista dos pacotes; e intercâmbios culturais com outras instituições brasileiras e até internacionais.

Projetos


  • Turno Integral;
  • Educar-se nas Férias;
  • Disciplinas Facultativas;
  • Serviço de Nutrição;
  • Orientação Profissional;
  • Ritos de Passagem;
  • Atendimento Educacional Especializado (AEE);
  • BioEducar-se;
...
...



Principais Atividades de 2018


  • Projeto de Meditação, que envolve capacitação de professores e meditação para a comunidade escolar;
  • Selo APM, que garante benefício no Cine Santa Cruz;
  • Capacitação para os professores com Cris Vieira, doutora em Educação;
  • Dias da Família, em maio e em agosto;
  • Apresentação teatral;
  • Dia do Desafio;
  • Festa Junina;
  • Olimpíada do Raciocínio;
  • Simulado Enem;
  • Participação em eventos esportivos e tecnológicos pela região;
  • Jogos Escolares;
  • Encontro com as Famílias da Educação Infantil;
  • Participação na Feira do Livro;
  • Integração do Dia da Criança;
  • Dia do Professor;
  • Expo Educar-se;
  • Grupo de jovens;
  • Gincana Educar-se;
  • Campanha do agasalho, em parceria com a Unisc;
  • Brique de Uniformes;
  • Álbum de figurinhas;
  • Dia da Carona;
  • Noites Culturais;
  • Doação de alimentos e brinquedos para instituições beneficentes;
  • Projeto de literatura/poesia Isto e Aquilo, em parceria com a Unisc;
  • Intercâmbio de estudos da língua inglesa para Inglaterra;
  • Amistoso de Handebol para ex-alunos.

Bolsas de estudo


Em 2018, a Escola Educar-se concedeu 64 bolsas de estudo integrais a alunos com renda familiar mensal bruta de até um salário mínimo e meio. Já as parciais de 50%, destinadas a estudantes com renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos, totalizaram 35.

Mas, a preocupação da Escola, no entanto, vai além de estabelecer um processo de inclusão social. Por isso, a Educar-se desenvolve o Programa de Apoio ao Aluno Bolsista, que procura garantir a permanência dos bolsistas na instituição. Por meio dele, são concedidos benefícios complementares, como isenção de taxas de reprografia, artes, reforço escolar, agenda e lanche diário. Além disso, em casos específicos, onde se identifica um grau maior de dificuldade, são concedidos outros benefícios. Transporte, material didático, uniforme, Turno Integral e Disciplinas Facultativas são alguns deles. Tudo mantido com recursos próprios da Educar-se.

Em 2018, foram investidos R$117.038,84 no programa.

Canais de Comunicação


A Escola Educar-se procura manter diversos canais de comunicação com os públicos interno e externo. Para isso, em 2018 foram utilizados o site (educar-se.unisc.br), que passa por remodelação desde o segundo semestre; Instagram (@escolaeducarse), que já conta com mais de 850 seguidores; Facebook (facebook.com/EscolaEducarse), que possui 2.756 participantes; e o informativo Acontece na Educar-se, publicado semanalmente. Outro trabalho de divulgação dos projetos da Escola é o envio de releases para os meios de comunicação local e estadual, nesse caso, revistas de Educação.

Além disso, a Escola também desenvolveu parceria com o Canal TVS Santa Cruz (grupotvs.com.br/educar-se-tv). Por mês, são produzidas em torno de duas matérias, em vídeo, sobre ações e projetos da Educar-se. E-mails e blogs também são outras formas de comunicação adotadas pela instituição.