Convidamos você a conhecer projetos, programas, iniciativas e ações que marcaram a trajetória da Unisc no ano de 2021. Apesar do momento de incertezas, a Universidade permaneceu pulsante e atuante nas comunidades em que está inserida, evidenciando o seu protagonismo social e a sua relevância enquanto formadora.

Produzir, sistematizar e socializar o conhecimento, visando à formação de cidadãos livres, capazes e solidários, contribuindo para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável.

Ser uma Universidade comunitária e democrática, reconhecida por relevantes contribuições ao desenvolvimento, capaz de responder de forma criativa e dinâmica às transformações do contexto social.


Canais de

Comunicação


O serviço de Ouvidoria funciona para que qualquer pessoa possa manifestar suas opiniões sobre os serviços disponibilizados na Universidade. O setor recebe elogios, sugestões e reclamações, encaminha-os aos setores competentes de forma anônima e, depois, transmite as respostas aos solicitantes. Em 2021, foram registradas 500 consultas.

Ferramenta oficial de comunicação que possui diversas informações institucionais para os públicos interno e externo, além de facilitar a rotina dos acadêmicos através do Portal do Estudante. O site também contém o Portal de Notícias cujo objetivo é divulgar e propagar as principais informações que ocorrem na Universidade.

saiba mais

Nestes canais é possível tirar dúvidas, bem como acompanhar as notícias, as fotos, as ações ou os eventos realizados na Universidade.


Estudantes da Unisc em 2021

6.122
100%

estudantes da
presencial e Ead

4.212
67,70%

bolsistas ou com
financiamento estudantil

Unisc
Carreiras

O UNISC Carreiras, agente integrador interno, executa a gestão integral de estágios não obrigatórios, e assessora as Coordenações de Curso na concessão de estágios obrigatórios, em conformidade com a Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008, e normas internas da Universidade de Santa Cruz do Sul – UNISC, além dos estágios nos cursos técnicos do Centro de Educação Profissional da UNISC – CEPRU.

Além de formalizar estágios obrigatórios e não obrigatórios, o setor tem como propósito estreitar o relacionamento da Instituição com o corpo discente, com a sociedade e com as empresas. Por intermédio do UNISC Carreiras, é possível que os estudantes construam um plano de carreira que contemple a realização pessoal e profissional, promovendo o protagonismo nas novas e atuais configurações humanas e sociais.

Todo o processo de solicitação de estágios é automatizado e foi desenhado pensando na inovação tecnológica, buscando fluidez de processos e, principalmente, proporcionando maior qualidade e satisfação aos envolvidos.

A plataforma Valorizza, adquirida para garantir esse processo inovador, proporciona cadastros de eventos, oportunidades, oficinas e um site para acesso da comunidade em geral, bem como uma intranet, que é capaz de personalizar-se a cada novo usuário, trazendo informações de currículo, dados gerais, vínculos de estágios e até uma Declaração de Horas, que é utilizada pelas coordenações para abatimento das horas no Núcleo Flexível dos estudantes.

Até dezembro de 2021, foram divulgadas 429 oportunidades de estágio e 357 vagas efetivas, bem como foram formalizados 2.660 contratos de estágios não obrigatórios. Também, ao longo do ano de 2021, cerca de 900 estudantes foram encaminhados para estágios obrigatórios.

Desafio
Corsan

O Desafio Corsan/Unisc, lançado pela Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), teve o objetivo de aproximar pesquisadores, empresas e startups da região para desenvolver projetos inovadores, que agreguem soluções às demandas da Corsan e de seus clientes.

Os desafios foram baseados em áreas estratégicas para a Corsan, como água/esgoto, insumos, resíduos, energia e transformação digital/tecnologias. Podem participar, propondo soluções, pesquisadores da Unisc, empresas do TecnoUnisc ou da Itunisc, empresas já consolidadas da região e startups, desde que já tenham projetos ou produtos nas áreas expostas em fase de, ao menos, prototipação. Não são aceitas apenas ideias, mas propostas de produtos que já tenham sido testados e validados em pequena escala.

Ao todo, nove propostas, entre empresas, projetos de pesquisa e startups, se inscreveram e apresentaram suas ideias no Pitch Day.

Núcleo de Apoio Acadêmico (NAAC)

O Núcleo de Apoio Acadêmico, vinculado à Diretoria de Ensino da Pró-reitoria Acadêmica, é um espaço de acolhimento, orientação e atendimento de demandas acadêmicas provenientes dos aspectos didático-pedagógicos, biopsicossociais, de acessibilidade e outras vulnerabilidades que interferem no processo de ensino - aprendizagem dos estudantes.

O NAAC promove recursos de acessibilidade aos estudantes com deficiência (física, sensorial, intelectual), transtornos do espectro autista, altas habilidade/superdotação e com necessidades educacionais específicas desde o processo seletivo vestibular até o final de sua trajetória acadêmica.

Por meio de uma equipe multiprofissional das áreas da Psicologia, Neuropsicopedagogia, Interpretação e Tradução de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e auxiliares administrativos, busca desenvolver ações de fortalecimento ao acesso, a permanência e a participação dos estudantes na educação superior, através de acompanhamento individual e/ou em grupo. O Naac também orienta docentes, coordenadores de curso, diferentes setores da Universidade e comunidade, prestando serviços em momentos específicos.

O núcleo promoveu de forma virtual 3ª Semana de Inclusão e Acessibilidade da Unisc, com o tema Viva a diferença em parceria com o Projeto Acessibilidade e Saúde e a Comissão de Acessibilidade, com as palestras: EXISTIR, PERSISTIR E INCLUIR: falas potentes e O PAPEL DO ESPORTE NA VIDA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA.


Além dos atendimentos individuias realizados pelos profissionais, o NAAC tem proporcionado a comunidade acadêmica diferentes atividades de forma virtual e presencial:

Grupo Acolher: espaço de acolhimento e escuta das emoções e angústias, abordando temáticas relacionadas à saúde mental dos estudantes.

Encontros: as temáticas desenvolvidas foram gestão do tempo e ansiedade, promoção da saúde mental, organização dos estudos e os desafios do ensino remoto.

Oficinas: com foco nas técnicas de estudo, na preparação para o TCC e na área da acessibilidade comunicacional foi ofertada aos estudantes, docentes e técnicos da instituição, a oficina de Língua Brasileira de Sinais - Libras.


Participação na Rede Colaborativa em Ações de Apoio ao Discente, formada pelos núcleos das Instituições de Ensino Superior do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas – COMUNG. A rede tem como objetivo incentivar e desenvolver compartilhamentos e espaços de estudo que contribuam com o aprimoramento das ações de apoio discente, com ênfase na Inclusão, Acessibilidade e Diversidade no Ensino Superior. O NAAC faz parte do Cômite Gestor que organizou a primeira atividade desenvolvida pela Rede: Diversidade no ensino superior: perspectiva e desafios.


O núcleo disponibiliza diferentes apoios na área da acessibilidade, que incluem: apoio no vestibular; adaptação de material; assistência na mobilidade; mobiliário adaptado, transcrição e leitura de avaliações; acompanhamento em sala de aula; digitalização de texto em formato acessível; adaptações metodológicas; interpretação e tradução de Libras em aulas e eventos; apoio na indicação de acessibilidade no campus; instruções sobre tecnologias assistivas e orientações aos professores sobre as especificidades e necessidades do estudante.

1.751 atendimentos

nas áreas de acessibilidade, psicologia, neuropsicopedagogia e intervenções em grupo.

496 pessoas beneficiadas

359 estudantes, sendo 29 com deficiência e/ou necessidades educacionais específicas; 91 professores receberam orientações; 21 funcionários e 25 pessoas da comunidade.


Equipe Baja de Galpão vence o 26º SAE Brasil

Em março, a equipe Baja de Galpão Unisc conquistou o título do 26º Baja SAE Brasil, competição que reuniu 79 participantes de todo o país, no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). Com o resultado, a equipe da Unisc se tornou a primeira da região sul a obter o título. Além disso, garantiu uma vaga no mundial, em Peoria, no Estado de Illinois, nos Estados Unidos (EUA). A equipe é composta por 11 alunos e professores dos cursos de Engenharia da Unisc e foi desafiada a aplicar os conhecimentos adquiridos em sala de aula. Assim, os universitários envolveram-se com o desenvolvimento de um baja (modelo de carro) desde a concepção, projeto detalhado, até construção e testes. O projeto foi coordenado pelo professor do curso de Engenharia de Produção, Fernando Sansone.

Central Analítica

Referência no Estado, atua na prestação de serviços de análises, para pessoas físicas e jurídicas, nos mais variados segmentos analíticos, através dos seguintes laboratórios e unidades de apoio: Laboratórios de Solos; Laboratório de Fertilizantes e Corretivos; Laboratórios de Tecido Vegetal; Laboratório de Fitopatologia e Nematologia; Laboratório de Espectrometria; Laboratório de Microbiologia; Laboratório de Águas; Serviço de Coletas; e Unidade de Manutenção de Equipamentos.

O ano de 2021 foi o ano com maior número de análises da história, desde 1988, totalizando 3.535.400 de análises realizadas, possibilitando ampliação da estrutura:

Duplicação da estrutura do Laboratório de solos. 

Inauguração de dois novos laboratórios: o Laboratório de Genética e Biologia de Solo e o Laboratório de Fitoquímica.

Assinatura do contrato de construção do prédio da Central Analítica em Primavera do Leste – MT.


- No ano de 2021, ocorreu a recertificação do Sistema de Gestão da Qualidade, através da acreditação dos Laboratórios de Fertilizantes e Fitopatologia na norma ISO/IEC 17025 via CGCRE/INMETRO. Também foi mantido o credenciamento para a realização de análises fiscais junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA);

- Novas parcerias com empresas do ramo do agronegócio, no sentido de ampliar a permeabilidade dos serviços em regiões estratégicas do segmento, de modo a propiciar um incremento no volume de amostras destinadas para análise;

-  No que tange ao reconhecimento externo, em 2021, além de ser mantido o direito ao “Selo A” de Qualidade em análises de amostras de solo, certificado pela Rede Oficial de Laboratórios de Análises de Solo – ROLAS, obteve-se, já no primeiro ano de participação, a certificação máxima de qualidade no Programa Interlaboratorial da EMBRAPA SOLOS.

Internacionalização


Ao longo do ano de 2021, as ações de internacionalização na UNISC continuaram majoritariamente sendo desenvolvidas no formato remoto devido à pandemia da COVID-19. Houve considerável aumento na mobilidade de alunos e professores, se comparado com o ano anterior. Isso mostra que as relações entre pessoas se ampliaram com o uso de tecnologias e abriram espaço para o crescimento da internacionalização da UNISC. Exemplo disso são as Aulas Internacionais em contínuo desenvolvimento e a oferta de três iniciativas-piloto na UNISC, do Programa COIL, que se caracteriza pela oferta de aulas colaborativas com universidades estrangeiras.

Atenta às mudanças mundiais no cenário da educação internacional, a UNISC, por meio da Assessoria Internacional, prestou atendimento ao público interno e externo da Universidade tanto em formato presencial, quanto remoto. Além disso, retomou no segundo semestre a organização e oferta de intercâmbios presenciais para realização em 2022. Isso evidencia que a UNISC acompanha as constantes mudanças que ocorrem no mundo.



Principais ações em 2021:

- 73 convênios internacionais vigentes com universidades de 18 países;

- 16 estudantes estrangeiros em mobilidade na Unisc;

- 8 estrangeiros como alunos regulares em Mestrados e Doutorados da UNISC;

- 283 alunos de graduação e de pós-graduação em programas presenciais e virtuais no exterior;

-Continuidade da mobilidade internacional docente – 72 docentes da Unisc realizaram atividades em 17 países; e outros 111 professores estrangeiros, oriundos de 25 países, realizaram atividades na Unisc;

- Continuidade de ofertas de mobilidade virtual para estudantes e retomada de ofertas presenciais;

- Apoio na realização de 23 aulas virtuais internacionais com professores de universidades conveniadas à UNISC; 

- Aprovação de financiamento de projeto de educação Empreendedora “E-Generation”, pelo Consulado dos EUA em Porto Alegre.

Unidade de Saúde Comunitária


O Serviço Integrado de Saúde (SIS), durante a pandemia da Covid-19, manteve a clínica-escola funcionando, oferecendo atendimentos presenciais gratuitos. Também foram mantidos os canais de comunicação com os usuários por telefone e por WhatsApp. Assim, os usuários da comunidade em geral e os participantes dos grupos atendidos por estudantes dos cursos de enfermagem, medicina, nutrição e psicologia receberam orientações, encaminhamentos e agendamentos remotos para os casos que apresentavam agravamento da sua condição de saúde. 

Em 2021,  607 estudantes realizaram atividades curriculares no SIS e 126 desenvolveram práticas independentes para o núcleo flexível de seus respectivos cursos, totalizando 733 estudantes.

Referência na comunidade

Durante o ano de 2021 o SIS manteve o setor em funcionamento, de forma presencial, nos turnos manhã, tarde e noite, a partir de março, tornando-se referência para informações em geral, o que gerou um número elevado de ligações para o serviço. Foram registradas 22.484 ligações recebidas.

Com a Pandemia, o SIS se deparou com uma série de desafios a serem superados, como: adequar o trabalho às novas diretrizes de atendimento; manter a qualidade do atendimento, baseado nas premissas da humanização e do cuidado; continuar a  inovar, superar desafios, descobrir e aprender novas maneiras de atender o público interno e externo (comunidade em geral), mediante o cumprimento de normas e exigências. O Serviço Integrado de Saúde da UNISC prestou um total de 58.744 atendimentos.

11.429

atendimentos do sistema e atendimento integrado

2.505

vacinados na Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza

78

coletas para análise SARS-Cov-2 pelo método RT-PCR

224

atendimentos Tele-cuidado COE-E

44.508

vacinados contra a COVID-19


Enfermagem


Realizou 5.166 atendimentos gratuitos, entre aplicação de calor e frio; aplicação de medicação; controle de batimentos cardiofetais; coleta citopatológica; coleta do teste do pezinho; consultas de enfermagem; consulta de florais; curativos; encaminhamentos; exame de mama; HGT; imobilizações; imunizações; nebulizações; orientações; pesagem; retirada de corpo estranho; retirada de pontos; testes rápidos; verificação de sinais vitais; e visita domiciliar. Também contou com 320 participações nos seguintes grupos oferecidos pela enfermagem: AMBITRANS, educação em saúde, grupo do cuidador – equipe do SIS, gestantes e Mulheres em evidência.

Além disto, no início da pandemia, estagiários do 9º semestre de Enfermagem, sob orientação da equipe do SIS, realizaram orientações aos familiares de pacientes acamados, sobre a importância do isolamento social e de outras práticas de prevenção à Covid-19. As visitas foram realizadas de acordo com as solicitações feitas pelos usuários do SIS.


Medicina


Realizou 1.054 atendimentos gratuitos, entre coletas citopatológicas e consultas nas áreas de Clínica médica, pediatria e ginecologia. Os atendimentos são realizados de forma interdisciplinar com a Nutrição, Enfermagem e Psicologia.


Nutrição


Foram realizadas 328 consultas individuais gratuitas em nutrição. Os atendimentos são de avaliação nutricional, física e antropométrica; atendimento ambulatorial individual; oficinas de alimentação saudável para diabéticos, hipertensos e para a população em geral; atendimento de crianças, adultos, atletas, idosos, entre outras pessoas da comunidade.


Psicologia


Foram realizados 4.252 atendimentos individuais gratuitos, além de um total de 303 participações nos encontros de grupos. Os atendimentos individuais de psicoterapia são oferecidos para crianças, adolescentes e adultos; também são realizados psicodiagnósticos, acolhimento e atendimento psiquiátrico. Os grupos coletivos são diversos, com focos em singularidades, por exemplo, para mulheres, para pais adotivos, para a população LGBTQ+, para pessoas com ansiedade, entre outros.

Serviço de Reabilitação Física

O Serviço de Reabilitação Física (SRFis) de Nível Intermediário, credenciado pelo Ministério da Saúde e pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul, é referência do Sistema Único de Saúde para 25 municípios integrantes da 8ª e da 13º Coordenadorias Regionais de Saúde. O atendimento prestado pelo serviço é multiprofissional, operando com a união de diversas áreas da saúde: Fisioterapia, Enfermagem, Terapia Ocupacional, Psicologia e Serviço Social.

Mais de 250 cadeiras de rodas doadas para pacientes de 25 município

Há mais de dez anos, o Serviço de Reabilitação Física (SRFis), desenvolvido no curso de Fisioterapia, realiza um trabalho comunitário, que transforma a vida dos pacientes que necessitam de próteses ou de órteses. O SRFis, em parceria firmada com o Ministério da Saúde e com o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, entregou 259 cadeiras de rodas para os usuários e moradores de 25 municípios. As cadeiras entregues são um diferencial na vida das pessoas porque proporcionam mobilidade, independência e autonomia. Além disso, uma prótese de mão foi desenvolvida através do serviço para melhora da qualidade de vida do usuário.

Foram 930 pessoas usuárias do Serviço de Reabilitação Física, beneficiadas através da concessão de órteses, próteses, meios auxiliares de locomoção, atendimentos das áreas de fisioterapia, enfermagem, psicologia e serviço social e ambulatório de feridas.



Atendimentos do Reabilitação Física

10.457

Cadeira de rodas

241

Cadeira de rodas motorizadas

48

Órteses MMSS e MMII e Coletes

138

Próteses MMSS e MMII

59

Ataduras elásticas para coto

91

Almofadas antiescaras

32

Bengalas, muletas e andadores

11

Ambulatório de Feridas

496

Procedimentos Totais

11.452

Clínica de Fisioterapia (Fisiounisc) e principais atividades no ano de 2021

Agendamento e avaliações iniciais

As pessoas que procuraram os serviços da Fisiounisc, inicialmente fizeram uma inscrição na recepção; posteriormente foram agendados os atendimentos, de acordo com a grade de horários e com base nos exames complementares trazidos pelo paciente e numa avaliação físico-funcional, sendo determinada a frequência e o início do tratamento. Ressalta-se que para o agendamento solicita-se um atestado médico com diagnóstico clínico do paciente ou laudo fisioterapêutico atualizado.

Atendimentos fisioterapêuticos

Os pacientes, uma vez avaliados pelos estagiários juntamente com os orientadores da Clínica, são chamados para o início do tratamento fisioterapêutico. Com data e horário previamente agendados, os atendimentos são realizados junto à Clínica Fisiounisc. São utilizados recursos de eletrotermofototerapia, cinesioterapia, hidroterapia, massoterapia, entre outras técnicas fisioterapêuticas, com o objetivo de restabelecer as condições físico-funcionais dos pacientes. A duração do tratamento fisioterapêutico varia conforme a necessidade apresentada pela patologia ou pelo distúrbio físico-funcional do paciente; a alta fisioterapêutica é definida pelo estagiário em consenso com o orientador fisioterapeuta.

No ano de 2021 foram realizados 1.870 atendimentos.

Atendimentos fisioterapêuticos de emergência

A clínica também oferece atendimentos emergenciais às pessoas, com ou sem vínculo com a Universidade, que sofreram algum tipo de distúrbio ou de lesão cinético-funcional súbita, passível de atendimento fisioterapêutico, como: entorse de tornozelo e joelho, torcicolos, dores na coluna, tendinites e lesões esportivas, dentre outras. O serviço também possibilitou que atletas beneficiados com bolsa esportiva da Unisc tivessem acesso à clínica. Cada paciente pode realizar 5 atendimentos considerados emergenciais, sendo possível aumentar esse número para até 10 sessões, dependendo da gravidade e da disponibilidade de vagas. Esse tipo de atendimento também segue os critérios para o levantamento sócioeconômico.

Atendimentos aos pacientes encaminhados pelo Hospital Santa Cruz

Os pacientes que estiveram em tratamento durante a fase hospitalar no Hospital Santa Cruz, e que necessitam de atendimento complementar após a alta hospitalar, são atendidos de acordo com a disponibilidade de vagas, tendo a maioria das solicitações sido atendida. A Fisiounisc buscou atender às expectativas, por intermédio da prestação de atendimentos fisioterapêuticos de alta qualificação, do público interno e da comunidade.

Atendimentos nos bairros de Santa Cruz do Sul

Os orientadores de estágio, juntamente com os estagiários da Saúde Coletiva, realizaram visitas em bairros da comunidade, onde efetuaram acompanhamento de pessoas que necessitam de algum tipo de atendimento fisioterápico. Houve encaminhamentos de pacientes através do sistema de referência e contrarreferência. Esses atendimentos foram encaixados de acordo com a disponibilidade de vagas. Outros serviços da Universidade, como SIS, Odontologia, Unidade Acadêmica do HSC, também realizaram encaminhamento de pacientes, os quais foram priorizados no momento dos agendamentos. Da mesma forma, foram realizados encaminhamentos de pacientes da clínica para outros serviços institucionais, como Psicologia, Nutrição, Hidroginástica e Odontologia.

Atendimentos a pacientes PÓS-COVID

Durante o ano de 2021, a Clínica Fisiounisc passou a atender pacientes com complicações pós-covid. Foram atendidos 9 pacientes com o referido diagnóstico. Dentre eles, alguns tiveram falta de ar ao realizar atividades laborais do cotidiano, outros sentiram fadiga muscular, por vezes falta de memória, bem como perda do paladar. Todos os pacientes atendidos tiveram melhora significativa, recebendo alta ao final do semestre, podendo então voltar às suas atividades laborais. Para o ano de 2022, a Clínica continuará com os atendimentos pós-covid.

Laboratório de Reabilitação Cardiorrespiratória (LARECARE) UNISC/ HSC

O LARECARE possui um programa multidisciplinar que cuida dos pacientes submetidos a cirurgias cardíacas no Hospital Santa Cruz (HSC), pacientes acometidos por Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica- DPOC e pós-COVID, ou seja, com Síndrome da COVID Longa, projetando o melhor aperfeiçoamento físico, o desempenho social e a autonomia de cada paciente. Realiza, também, atendimentos voltados à população idosa, independente da presença de patologias, como forma de promover o envelhecimento saudável. O serviço tem sede no HSC e sua abordagem prioriza atenção integral e especializada de pacientes oriundos do Sistema Único de Saúde, através de contratualização com os órgãos públicos.

Ações desenvolvidas:

Avaliação multidimensional do impacto dos distúrbios do sono, cardiorrespiratórios e físico-funcionais de idosos independentes, fragilizados e/ou portadores de doenças crônicas não transmissíveis:
- epidemiológicos, clínicos e antropométricos;
- volumes pulmonares e força muscular respiratória;
- eletrocardiograma (ECG) de repouso;
- força de preensão palmar;
- capacidade funcional através do teste de degrau de 6 minutos (TD6m), teste senta e levanta e TUG, dentro da capacidade de cada paciente;
- presença de distúrbios do sono;
- implantação de um programa de exercícios físicos específicos, em termos de intensidade, duração, frequência, modalidade de treinamento e progressão, realizados de forma individual, baseados em sessões supervisionadas por fisioterapeutas;
- orientações sobre educação em saúde;
- aplicação dos questionários de satisfação dos pacientes.

O fator pandemia por COVID-19 ainda é o principal evento estressor, devido às necessidades de distanciamento social e medidas de contenção da transmissão do vírus. De qualquer forma, houve evolução e ampliações do número de atendimentos propostos. Atualmente, são atendidos 4 pacientes por horário previamente determinado:

65

Idosos atendidos em 2021

57

Adultos atendidos em 2021 para promoção do envelhecimento saudável

298

Eletrocardiogramas realizados pré Cirurgia Cardíaca

27

Procedimento
Cirúrgico

Público Beneficiado estratificado por patologia:

45

Pós-COVID-19

15

Pós-Cirurgia Cardíaca

30

DPOC


O Curso de Odontologia da Unisc atua nas dimensões do ensino, da pesquisa, da extensão e da pós-graduação. Por meio do trabalho de professores, técnicos e de acadêmicos do curso, torna-se possível atender a comunidade local e regional. Os atendimentos são realizados nas clínicas do Curso, que contam com infraestrutura de alta qualidade, bem como em clínicas extramuros. São prestados serviços nas áreas de dentística, endodontia, periodontia, cirurgia, prótese, radiologia, odontopediatria e ortodontia (preventiva para crianças). Em 2021, foram mantidos os protocolos de prevenção à Covid-19 e todos os cuidados necessários para que as atividades práticas ocorressem. Foram prestados 6.763 atendimentos nas clínicas da Unisc.

Os projetos de extensão desenvolvidos foram:

  • Diagnóstico bucal (atendimento de pacientes com lesões bucais);
  • Sorriso especial (atendimento de pacientes com deficiência);
  • Projeto de prevenção em endodontia;
  • Corrente do Bem Rio Pardo;
  • Liga Acadêmica de Cariologia; 

Abaixo algumas informações mais detalhadas de atividades realizadas em disciplinas, estágios e projetos:

Capacitação ministrada pela enfermeira da área de Biossegurança da Clínica de Odontologia aos estudantes de graduação sobre a paramentação - EPIs - Equipamentos de Proteção Individual necessários à prevenção da Covid-19.

Durante o ano foi ofertado o curso de extensão em cirurgia dentoalveolar. Nesta edição, foram prestados 120 atendimentos à comunidade, incluindo avaliações pré e pós-operatórias e procedimentos cirúrgicos simples e complexos. No total, foram atendidos 35 pacientes, que realizaram procedimentos cirúrgicos, entre eles: exodontias de terceiros molares inclusos e impactados, remoção de lesões e frenectomia.

O Curso de Especialização em Endodontia realiza procedimentos endodônticos (tratamento de canal) em dentes monoradiculares e birradiculares, oportunizando acesso à comunidade de um tratamento que não está sendo realizado na rede de atenção básica.  Ao longo de 2021, foram realizados 307 atendimentos pelos cirurgiões dentistas pós-graduandos em endodontia. 



Também ocorreram atendimentos extramuros, isto é, o curso atuou em atividades diretamente na comunidade, através do Estágio Supervisionado em Saúde da Família e Comunidade. As atividades desenvolvidas: foram educação em saúde individual e coletiva; avaliação de saúde bucal; teste de Snellen; pesagem e medição da altura.  Essas atividades fazem parte do Programa Saúde na Escola (PSE). Foram beneficiadas crianças, pré-adolescentes e adolescentes da educação infantil e do ensino fundamental, totalizando 1.051 ações. 


Implantação da Radiologia Digital nas Clínicas do Curso de Odontologia

O projeto de implantação da Radiologia Digital do Curso de Odontologia consiste na migração do processo de revelação manual para a utilização do sistema de leitura de alta precisão VistaScan.

Com a utilização de uma placa de fósforo é possível o escaneamento da imagem radiográfica na estação da radiologia. A imagem digital é armazenada no software da empresa Durr e no google drive, em um drive compartilhado. Esse sistema oferece inúmeras vantagens, como sistema de leitura de alta definição, diagnóstico facilitado, economia, confiabilidade, durabilidade, sustentabilidade, entre outros. O acesso dos estudantes é pelo celular ou pelo computador, através do drive compartilhado, no horário de aula.

Essa tecnologia impacta no atendimento à comunidade, na medida em que torna mais rápida a realização dos exames de imagem. Também auxilia no diagnóstico e planejamento dos casos clínicos, pois permite a ampliação da imagem, a utilização de filtros do software, como alteração de nitidez e medições dos canais radiculares.

Liga Acadêmica de Cariologia

A Liga Acadêmica de Cariologia é composta por um grupo de estudantes do Curso de Odontologia da Unisc, supervisionados por docente. Tem como objetivo principal aprofundar conhecimentos na área de cariologia, por meio do desenvolvimento de atividades que integram o ensino, a pesquisa e a extensão.

Por meio da liga foram realizadas atividades educativas na Sala de Espera da Clínica de Odontologia da Unisc, na Copame, em escolas (em parceria com o projeto Guarda-Costas) e na Feira do Livro de Sobradinho. Além disso, foram ministradas aulas com professores convidados externos, abertas à comunidade acadêmica.

Durante o ano de 2021, aproximadamente 403 pessoas foram beneficiadas com as atividades.

Professoras do curso de Odontologia contribuíram com cursos de formação/atualização para os profissionais da rede municipal de atenção à saúde (Santa Cruz do Sul). Os cursos de extensão tiveram como público-alvo cirurgiões-dentistas, enfermeiros e médicos que atuam na atenção básica.

Projeto de Prevenção em Endodontia

O projeto tem como objetivo principal aprofundar conhecimentos na área de endodontia, através do desenvolvimento de atividades que integram o ensino, a pesquisa e a extensão.

No ano de 2021, foram realizadas diversas atividades, como seminários sobre temas endodônticos; aulas abertas pelo canal da Unisc no YouTube e trabalhos apresentados em eventos científicos. Também foram realizadas visitas à unidade de serviço Centro-Dia, onde os estudantes puderam vivenciar o trabalho com adultos ou idosos, portadores de alguma deficiência ou alteração na saúde; avaliação da condição de saúde bucal de 220 estudantes dos anos iniciais de escolas da rede pública, em parceria com o Programa Saúde na Escola - PSE; e atendimentos a pacientes na Clínica Odontológica da Unisc.

Total de beneficiados: 1.003

Aula aberta pelo canal da Unisc no YouTube, ministrada por professor de outra instituição.

Visita para avaliação da condição de saúde bucal de 220 estudantes dos anos iniciais de escolas da rede pública, em parceria com o Programa Saúde na Escola - PSE.

Sorriso especial (atendimento de pacientes com deficiência), equipe do projeto, professores e bolsistas, na Clínica de Odontologia, paramentados para iniciar os atendimentos do projeto.

Hospital Veterinário da Unisc

O local presta atendimento veterinário a animais de pequeno e grande portes, para toda a comunidade, de forma particular. Também tem convênio com a Prefeitura de Santa Cruz do Sul para atendimento gratuito às famílias de baixa renda do município, bem como às ONGs e protetores independentes. Em 2021, foi realizado um convênio com a Prefeitura de Vera Cruz para campanha de castração de cães e gatos do município.

Entre consultas, exames e cirurgias, foram realizados 3.920 atendimentos, em 2021, no Hospital Veterinário Implantação da área de cuidados de animais de grande porte.

Gabinete de Assistência Judiciária

O Gabinete de Assistência Judiciária (GAJ) proporciona, para a população em situação de vulnerabilidade social, o acesso à justiça, como forma de reivindicar e proteger seus direitos. O setor oferece informações e elabora peças processuais cíveis, criminais e trabalhistas e realiza o acompanhamento dos processos e das audiências, proporcionando suporte emocional aos assistidos e desenvolvendo atividades de mediação das famílias na solução de conflitos. Os atendimentos abrangem os municípios das comarcas de Santa Cruz do Sul, Vera Cruz, Venâncio Aires, Rio Pardo, Capão da Canoa e Sobradinho.

No ano de 2021, devido à pandemia, o GAJ desenvolveu um serviço de Call Center para auxiliar a população. Ao todo, foram realizados 2.495 atendimentos para pessoas de diversas cidades do estado.

TecnoUnisc

O Parque Científico e Tecnológico Regional da Unisc (TecnoUnisc) foi criado com base na ideia de que inovação e empreendedorismo são importantes fontes de desenvolvimento social. Por meio da promoção de ações que buscam maior interação entre Universidade, empresas, governo e sociedade, o parque auxilia empreendedores e visionários no desenvolvimento de produtos e processos inovadores.

As estruturas atuais do parque, resultado de uma construção de 15 anos da Apesc e da Unisc, para investir em ambientes de inovação na região, são:

Centro de Excelência em Produtos e Processos Oleoquímicos e Biotecnológicos (CEPPOB)

Espaço de desenvolvimento de produtos e processos inovadores em áreas como Oleoquímica, Biotecnologia, Síntese Orgânica, Microbiologia, Biologia Molecular e Cultivo Celular. Os laboratórios contam com modernas instalações que permitem pesquisa em escala laboratorial e piloto.

Em 2020, a estrutura do CEPPOB foi adaptada para auxiliar no combate à pandemia da Covid-19. Em 2021, foram realizados mais de 12 mil diagnósticos dos exames moleculares para Covid-19, em parceria com a Prefeitura Municipal de Santa Cruz do Sul, com o trabalho de profissionais e voluntários da Unisc.

Incubadora Tecnológica da Unisc (Itunisc)

Acreditando que boas ideias só precisam de um pequeno incentivo para serem concretizadas, a Itunisc auxilia no desenvolvimento de empreendedores e de novos negócios, fornecendo um espaço físico descontraído, consultorias e outros serviços de apoio. Ao longo de sua história, a Itunisc já “graduou” 25 empresas, ou seja, empresas que passaram pelo período de incubação. Em 2021, a Itunisc teve 14 empreendimentos incubados.

Startup RS - Star

A Itunisc também promoveu, em parceria com o Sebrae/RS, a iniciativa Startup RS - Star. Foram 3 meses de atividades de workshop e consultorias para validação dos modelos de negócio, de 10 empreendimentos inscritos.

Centro de inovação e difusão tecnológica (TecnoUnisc)

Em 2021, o TecnoUnisc foi parceiro de nove empresas hospedadas e de dezoito empresas associadas externas.

O TecnoUnisc em 2021

47

Estágios ao
longo do ano

17

Projetos de
pesquisa em
andamento

6

Projetos em
negociação

97

Pessoas
trabalhando
no parque


Responsável por desenvolver e fomentar atividades culturais, o Núcleo reconhece a importância da diversidade e da multiplicidade de expressões culturais. Por meio de ações busca democratizar o acesso, bem como valorizar as produções locais e articular a Universidade com o poder público e com as organizações da sociedade civil para promover a cidadania cultural.

No primeiro semestre de 2021, as atividades culturais permaneceram on-line e gratuitas. No decorrer do ano, com o avanço da vacinação e do controle da pandemia, as apresentações voltaram ao formato presencial.

Orquestra de Câmara

Além das apresentações virtuais realizadas pela Orquestra de Câmara, no segundo semestre de 2021 foram realizados 7 concertos presenciais, viabilizados pela Lei Rouanet. Já o Coro da Unisc realizou uma apresentação individual, no formato virtual, além de participar de alguns dos vídeos da orquestra.

Música para a comunidade

A escola de música, que é aberta à comunidade, manteve as atividades, disponibilizando aulas de piano e violino. No decorrer do ano contou com 8 alunos.


Realizado pelo Sesc/RS – Unidade Operacional Santa Cruz do Sul, Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) e Pé de Coelho Filmes, o 4º Festival Santa Cruz de Cinema ocorreu em 2021 entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro. Único festival do gênero no Vale do Rio Pardo, a atividade evidencia produções de curtas-metragens de todo o País e teve edição híbrida com exibições presenciais no auditório central da Unisc e também pelo site festivalsantacruzdecinema.com.br.

O evento beneficia cineastas de todo o território nacional; acadêmicos de produção em mídia audiovisual da Unisc – que participam da Mostra Olhares Daqui com produções universitárias; estudantes de escolas públicas e particulares; e a comunidade local, de forma ampla, que pode participar da programação cultural de forma gratuita.

Em 2021, foram 682 filmes inscritos, de 23 estados brasileiros e mais o Distrito Federal. Foi o maior número de inscritos até hoje. Ao todo, 18 foram selecionados para integrar a Mostra Competitiva e concorrer nas 13 categorias de premiação. A Mostra Olhares Daqui recebeu 14 obras e selecionou cinco para a Mostra Competitiva.

A edição de 2021 merece destaque devido a aproximação obtida junto ao Ensino Médio, que trouxe os estudantes para dentro da universidade em diferentes momentos. Entre atividades preparatórias e a participação das exibições no Auditório da Unisc, foram quatro escolas diretamente envolvidas, com a participação de 285 alunos.

Avaliação dos filmes

Ao final de cada sessão da Mostra Competitiva Nacional era exibido um QR Code na tela e a plateia avaliava os filmes. A partir desses dados foi possível definir o vencedor da categoria Júri Popular.

A exceção destes prêmios de Júri Popular, todos os outros foram definidos por Júri especializado, formado por profissionais do audiovisual, levando em consideração representatividade e espaço de fala.

Mostra Competitiva

Foram realizadas duas oficinas gratuitas envolvendo o período de divulgação e durante o Festival. A primeira foi Crítica de Cinema, ministrada pelo jornalista e crítico de cinema, Pedro Garcia, realizada no Auditório do Memorial da Unisc. Também, A construção do Personagem, ministrada pela atriz Ítala Nandi, no Anfiteatro da Unisc. Ao todo, 50 pessoas acompanharam as atividades.


Homenageados

Em 2021, o homenageado foi o ator Matheus Nachtergaele. Alguns dos maiores clássicos nacionais contam com as atuações dele, como O que é isso, companheiro?, Central do Brasil, O Auto da Compadecida, Bicho de Sete Cabeças, Cidade de Deus e Narradores de Javé. O ator já recebeu inúmeros prêmios, entre eles o Shell, Mambembe, Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA), Kikitos no Festival de Gramado e Candango.

Também, o festival homenageou o ilustrador José Luiz Benicio, com o Prêmio Tuio Becker, que é entregue a artistas que marcam o cinema nacional. Benicio nasceu em Rio Pardo em 1936 e começou a desenhar aos 16 anos. Foi responsável por mais de 300 pôsteres de filmes de cinema no país. Com 84 anos, ele teve mais de 50 anos de carreira profissional. Não compareceu ao festival, por motivo de doença, e faleceu no dia 7 de dezembro, quatro dias após o fim do evento.

Alguns Projetos da Unisc em 2021

Educação

Conexão Escola 2021

O Conexão Escola é um dos pilares do Conexões Unisc e foca os esforços em conectar a Universidade às escolas da região, oferecendo palestras e oficinas aos alunos de Ensino Médio, como também educação continuada aos professores.

Feira de Ciências - Inovação e Sustentabilidade

O projeto objetiva a disseminação da ciência, visando ao estímulo de vocações científicas e tecnológicas em jovens estudantes, nos níveis fundamental e médio, impulsionando a troca de conhecimento. São incentivadas a divulgação e a promoção de propostas e ideias que contribuam para o desenvolvimento de inovações e a identificação e promoção de grupos interessados em pesquisa.

Para isso, atividades científicas que compõem essa proposta, como, por exemplo, a interação com as coordenadorias regionais de educação (3ª CRE, 6ª CRE e 24ª CRE), com a Secretaria Municipal de Educação de Santa Cruz do Sul e com escolas públicas e privadas situadas na região de abrangência, ocorrem por meio de reuniões para a organização, o acompanhamento e a avaliação da Feira de Ciências- Inovação e Sustentabilidade.

Um curso on-line de formação científica está sendo realizado com objetivo de capacitar professores das escolas participantes para o desenvolvimento de projetos voltados para a Feira de Ciências. Todos os estudantes participantes da feira receberão certificado de participação e os projetos de destaque serão agraciados com prêmio de honra ao mérito. Além disso, existe a possibilidade de participarem de outra feira e de fazerem parte de um grupo de pesquisa da Unisc.

UNIAMA Online - 2021

A Universidade do Adulto Maior (Uniama) proporciona a interação das pessoas idosas com a Universidade através de atividades e serviços em prol do envelhecimento com qualidade de vida. A Uniama é voltada a pessoas com idade igual ou superior a 60 anos e está vinculada ao Núcleo de Ação Comunitária (NAC), órgão da Pró-Reitoria Acadêmica. O programa busca articular o ensino, a pesquisa e a extensão ligados à geriatria e à gerontologia, através de diversos cursos, setores, projetos e programas da Universidade.

Saúde


Acessibilidade e saúde: interdisciplinaridade em ação 2021

O projeto colabora com entidades que atuam na promoção e no cuidado, na qualidade de vida e autonomia de pessoas em situação de vulnerabilidade social (de todas as faixas etárias) e de pessoas com deficiência.

A busca por todas as dimensões ou tipos de acessibilidade permeia as ações e estratégias do projeto. Através de uma abordagem etnográfica se faz a observação direta, e por um período de tempo, das formas costumeiras e particulares de viver dos grupos e das pessoas assistidas nas entidades participantes.

As ações do projeto têm como foco revelar e atender à missão das entidades, mas sobretudo promover a autonomia. Além disso, procuram ser ferramenta para que essas populações possam agir e interagir dentro das instituições e na sociedade, assegurando-lhes o direito à cidadania, e trabalhar para a promoção integral da PcD nas dimensões física, psíquica e nutricional, a fim de que a mesma possa romper com toda e qualquer barreira que a impeça de participar.

Projeto Movi mente

Este projeto tem como objetivo ampliar os cuidados em relação à saúde mental, para além da ausência dos sintomas, visando ao bem-estar físico, mental e social dos/das apenados/ apenadas e dos agentes penitenciários do Presídio Regional de Santa Cruz do Sul (PRSCS).

São realizadas oficinas de movimentos e recreativas para as apenadas, além de ginástica laboral para os apenados trabalhadores da cozinha geral e da cozinha da guarda. Também são realizadas ações no sentido de incentivar o uso racional e consciente de medicamentos controlados e a prevenção de doenças provocadas pela atividade ocupacional e pelo sedentarismo.

Políticas e Direitos Sociais

Quem é meu pai? Concretização do direito fundamental à filiação através do reconhecimento de paternidade de crianças sem pai registral no município de Montenegro - RS

De acordo com dados do censo escolar de 2013, mais de cinco milhões e meio de crianças e adolescentes matriculados nas escolas do país não possuíam o nome do pai nas certidões de nascimento. Possuíam somente o nome da mãe.

As consequências dessa omissão são severas. Ela subtrai do filho o direito à identidade, o mais significativo atributo da personalidade. Também afeta o seu pleno desenvolvimento, pois deixa de contar com o auxílio de quem deveria assumir as responsabilidades parentais. Por outro lado, a mãe acaba onerada por assumir sozinha um encargo que não é só seu.

Visando reverter essa realidade, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) instituiu o Programa Pai Presente, determinando às Corregedorias de Justiça dos Tribunais de todos os Estados que encaminhem aos juízes os nomes dos alunos matriculados sem o nome do pai, para que deem início ao procedimento de averiguação da paternidade.

O presente projeto visa incentivar e propiciar o reconhecimento espontâneo de paternidade, garantindo ao maior número possível de crianças e adolescentes um nome paterno em seus registros de nascimento. A abrangência do projeto é local, restrita ao município de Montenegro, objetivando inicialmente incluir crianças e adolescentes da rede pública de ensino em situação de vulnerabilidade social.

O projeto culmina com a busca e o chamamento dos supostos genitores para que procedam ao reconhecimento voluntário da paternidade ou, em caso de dúvida, requerendo o exame genético do DNA. Nesta fase, o projeto conta com a parceria da Defensoria Pública que faz o encaminhamento dos exames de DNA.

Desenvolvimento Tecnológico e Ambiental


Meninas nas ciências: desenvolvendo habilidades - Unisc 2021

Ampliar a participação feminina nas atividades científicas na área tecnológica, especificamente na engenharia, é uma necessidade que demanda ações específicas.

Verifica-se que nessa área, que é tida como essencialmente masculina, o perfil de distribuição é muito desigual. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a análise por sexo mostra que o número de mulheres graduadas nas áreas de Ciências Exatas e Tecnológicas é de apenas 31%.

Assim, este projeto visa desenvolver habilidades e conhecimentos de engenharia, estimulando e promovendo o incentivo à tecnologia, para que alunas das escolas públicas da cidade de Santa Cruz do Sul possam desenvolver projetos específicos que ocorrerão nos laboratórios das engenharias da Unisc e nas escolas, bem como participar de atividades e palestras on-line.

Os projetos são desenvolvidos pelas alunas do ensino fundamental e médio das escolas, acompanhados pela coordenadora do projeto, por professores das escolas participantes, pesquisadores, técnicos administrativos e as alunas da graduação da Unisc. Realizam a construção de maquetes funcionais, com a aplicação de conceitos básicos das engenharias, participam de atividades de inserção científica, palestras e oficinas que estimulam o desenvolvimento dessas meninas, orientadas a princípios e práticas que visem à equidade de gênero e ao empoderamento das mulheres.

Agenda da construção sustentável

O projeto busca o intercâmbio de ações de conhecimento voltadas ao tema, envolvendo a entidade de classe representativa de engenheiros e arquitetos de Santa Cruz do Sul - Seasc, alunos dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e de Engenharia Civil da Unisc e o mercado.

Para alcançar esse objetivo, uma agenda de eventos é elaborada pelas entidades participantes, abrangendo uma série de ações que discutem e aprofundam questões tecnológicas relacionadas à otimização dos inúmeros recursos naturais envolvidos no processo da construção civil. Com isso, busca e difunde soluções, no intuito de diminuir os impactos da utilização, gerando ao mesmo tempo maior qualidade de vida aos usuários das edificações.

Essas ações buscam difundir o conceito de construção sustentável entre profissionais da área, bem como introduzir de forma mais efetiva essa temática no meio acadêmico, reunindo teoria e prática voltadas a uma evolução do conceito, gerando avanços tecnológicos e sociais para a comunidade local.

Equipes de competição de engenharia 2021

O projeto promove a formação diferenciada e complementar de estudantes dos cursos de engenharia da Unisc, bem como a sua divulgação, através da participação nas competições estudantis de engenharia entre universidades do Brasil e do mundo, organizadas pela Sociedade dos Engenheiros da Mobilidade (Society of Automotive Engineering - SAE), além de visitas a escolas de ensino médio da região. A Unisc participa com duas equipes em duas categorias: Baja SAE e Aerodesign SAE, respectivamente, com a Equipe Baja de Galpão Unisc e a Equipe Kamikase Aerodesign.

A formação diferenciada e complementar se dá por meio de teorias desenvolvidas e empregadas em engenharia, possibilitando que os acadêmicos testem na prática os conteúdos teóricos aprendidos nos cursos, desenvolvendo soft skills e vivenciando o aprendizado através da busca de solução aos desafios técnicos e pessoais.

O projeto propõe ainda motivar e incentivar alunos de escolas do Vale do Rio Pardo a buscarem formação superior em cursos de graduação em engenharia, entendendo a importância dos mesmos na resolução de problemas reais do cotidiano social.

Outros

Núcleo de apoio contábil e fiscal (NAF) como forma de aprimoramento profissional e integração entre a Universidade e a comunidade regional

O Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF) está dentro do programa de educação fiscal da Receita Federal do Brasil, sendo seus pilares os alunos das Instituições de Ensino Superior (IES) e a sociedade.

Para as IES, o programa busca a melhor formação profissional e a responsabilidade social. Para os alunos, busca a capacitação para o mercado de trabalho, habilidades interpessoais e cidadania. Para a Receita Federal, busca a disseminação da educação fiscal.

As finalidades estão voltadas ao atendimento da comunidade de baixa renda, a entidades sem fins lucrativos e a pequenos empresários, possibilitando acesso a diversos serviços relacionados à formação dos acadêmicos do curso de Ciências Contábeis.

Programa Inserção Comunitária 2021

O Programa Inserção Comunitária está vinculado ao Núcleo de Ação Comunitária (NAC) e é uma modalidade da extensão universitária, dirigida aos estudantes de graduação e de cursos técnicos Centro de Educação Profissional da UNISC (Cepru).

Tem por objetivo oportunizar a interação do acadêmico com a realidade social, através do engajamento em atividades em prol da comunidade. Proporciona uma experiência de imersão em contextos sociais e institucionais, onde existem situações de vulnerabilidade social, favorecendo a convivência dos estudantes em ambientes que agreguem conhecimentos e os sensibilizem para contextos sociais e para a situação das entidades comunitárias, ampliando a consciência para o exercício da cidadania.

Número de beneficiados em projetos de extensão

CATEGORIA

BENEFICIADOS

Educação

14.991

Saúde

25.705

Políticas e Direitos Sociais

336

Desenvolvimento Tecnológico e Ambiental

1.446

Outros

10.666

TOTAL

53.144

Cursos Gratuitos para a comunidade

A Unisc, com o objetivo de contribuir para a discussão de temas relevantes para a formação profissional e humana e levar conhecimento à comunidade, teve a iniciativa de oferecer cursos de extensão, na modalidade de Educação a Distância (EaD), gratuitos e abertos à comunidade. Uma ação de solidariedade com o momento atual, no qual as pessoas estavam mais restritas aos lares, em razão do isolamento social, provocado pela pandemia do coronavírus.

Todos os cursos ofertados foram de curta duração, realizados no Ambiente Virtual de Aprendizagem da Unisc. Após concluir o curso, os participantes receberam certificação equivalente ao curso realizado. Foram disponibilizados cursos nas áreas do Direito, da Educação, Saúde e Computação.

No ano de 2021, foram ofertados 45 cursos gratuitos para a comunidade em geral, totalizando 4.708 inscritos.

PROJETOS DE PESQUISA


Realizou-se, de 25 a 29 de outubro de 2021, a segunda edição da Mostra de Extensão, Ciência e Tecnologia, no formato remoto, unisc.br/mostra. Com a retomada gradual das atividades presenciais, a solenidade de premiação da 2ª edição do evento ocorreu presencialmente, no dia 30 de novembro de 2021, seguindo todos os protocolos sanitários em função da pandemia de Covid-19.

A Unisc concede o Prêmio da Mostra de Extensão, Ciência e Tecnologia aos melhores trabalhos de estudantes de cursos de graduação da Universidade, independente do tipo de trabalho (ensino, extensão, pesquisa ou inovação), sendo agraciado os quatro melhores trabalhos (melhor pontuados) em cada área do conhecimento: Ciência Biológicas e da Saúde; Ciências Exatas, da Terra e Engenharias; Ciências Humanas; e Ciências Sociais Aplicadas.

A II Mostra de Extensão, Ciência e Tecnologia teve como tema “Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e o futuro que queremos”. Todos os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável estão representados nos 114 projetos de pesquisa vigentes durante o ano de 2021. Destaque para os ODS: Saúde e bem-estar; Educação de Qualidade; e Redução das desigualdades, totalizando 47,37%. Ressalta-se que muitos projetos se enquadram em mais de um objetivo.

1. Erradicação da Pobreza

4,38%

2. Fome Zero e Agricultura Sustentável

6,14%

3. Saúde e Bem-Estar

22,80%

4. Educação de Qualidade

11,40%

5. Igualdade de Gênero

5,26%

6. Água Potável e Saneamento

3,50%

7. Energia Acessível e Limpa

2,63%

8. Trabalho Decente e Crescimento Econômico

7,89%

9. Indústria, Inovação e Infraestrutura

8,77%

10. Redução das Desigualdades

13,15%

11. Cidades e Comunidades Sustentáveis

7,89%

12. Consumo e Produção Responsáveis

3,50%

13. Ação Contra a Mudança Global do Clima

3,50%

14. Vida na Água

0,87%

15. Vida Terrestre

1,75%

16. Paz, Justiça e Instituições Eficazes

8,77%

17. Parcerias e Meios de Implementação

2,63%

Tendo em vista que o ano de 2021 foi marcado fortemente por ações de enfrentamento à pandemia, destacam-se, a seguir, os projetos de pesquisa, relacionados ao tema, que foram desenvolvidos em 2021:

:: A crise como potência para prospecção de ações na Atenção Básica em tempos de Covid-19;
:: Desenvolvimento de equipamento para descontaminação e reaproveitamento de EPIs por radiação ultravioleta em ambientes de combate ao novo coronavírus (Covid-19);
:: Diagnóstico da Covid-19 por RT-PCR para o Município de Santa Cruz do Sul;
:: Efetividade da máscara de mergulho adaptada (Máscara Owner) para ventilação não invasiva no cenário da pandemia pelo SARS-COV-2: ensaio clínico randomizado;
:: Estudo de Soroprevalência de SARS-CoV-2 na Região do Vale do Rio Pardo (COVID-VRP);
:: Monitoramento da prevalência de SARS-CoV-2 em estudantes do ensino superior presencial da Unisc; e
:: Observatório do Desenvolvimento Regional - Observa-DR.

Cuidados com o Meio Ambiente

Consumo de energia e água

Mesmo que em menor escala, a Universidade continuou com o programa de eficiência energética, empregando em novos ambientes lâmpadas com tecnologia led, e condicionadores de ar tipo inverter.

A energia elétrica consumida pela Unisc Santa Cruz do Sul, incluindo a Escola de Educação Básica Educar-se e o Centro de Educação Profissional (Cepru), continuou sendo proveniente de fontes limpas, totalmente renováveis e que não agridem o meio ambiente. Assim, no ano de 2020, a universidade recebeu um certificado da empresa Ludfor Energia Ltda, que reconheceu, devido ao uso da energia renovável, uma redução de 285,987 toneladas de dióxido de carbono durante o ano de 2019.

Consumo de água

De maneira permanente, a Instituição desenvolve campanhas para o consumo consciente de água e energia nas instalações. A água utilizada é fornecida pela Corsan e, em Santa Cruz do Sul, também de dois poços artesianos.

Tratamento de efluentes

Todo o efluente sanitário gerado no campus da Unisc, em Santa Cruz do Sul, é tratado em uma Estação de Tratamento de Efluentes (ETE). Ela trata o efluente por meio de processos biológicos e segue as exigências estabelecidas pela legislação, estando devidamente licenciada junto ao órgão ambiental municipal. O sistema também constitui uma área de pesquisa e desenvolvimento de projetos acadêmicos, tanto da graduação, quanto da pós-graduação.

Gestão de resíduos

Diversas medidas de gestão ambiental são adotadas para que os resíduos gerados na instituição tenham uma destinação adequada, começando pela coleta seletiva, que contempla a disponibilização de coletores para cada material (papel, plástico, metal, vidro, orgânico e rejeito), bem como as ações de educação ambiental.

Durante o ano de 2021, foram enviadas para reciclagem cerca de 11 toneladas de material reciclável. Devido à diversidade de atividades desenvolvidas na Instituição, há resíduos que precisam receber atenção especial, tais como os provenientes de laboratórios, as lâmpadas fluorescentes, os resíduos da construção civil e dos serviços de saúde. Nesses casos, os materiais são encaminhados para empresas capacitadas e licenciadas pelos órgãos ambientais competentes.

Em 2021, foram encaminhadas cerca de 17 toneladas de resíduos químicos líquidos e sólidos, 2.993 lâmpadas fluorescentes e 152 toneladas de resíduos da construção civil. Os resíduos sépticos, provenientes da área da saúde e do ensino, totalizaram aproximadamente 4,5 toneladas.

Já a parcela constituída por rejeito/orgânico (materiais que não podem ser reciclados) é encaminhada para aterro sanitário, devidamente licenciado, local onde são adotadas diversas medidas para que os resíduos não contaminem o meio ambiente.

De forma constante, são realizadas campanhas que visam ao consumo consciente e à redução de desperdícios, buscando não apenas o atendimento à legislação, mas principalmente atuar de forma responsável, proativa e em consonância com as práticas ambientais de conservação de recursos naturais.

Proteção da biodiversidade

A Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) da Unisc é uma das maiores do Rio Grande do Sul e contribui para a conservação da Mata Atlântica, sendo um refúgio para diversas espécies características desse bioma. A região tem o privilégio de ter uma amostra de Mata Atlântica que será conservada perpetuamente, favorecendo a proteção da biodiversidade e ampliando as áreas protegidas no país. A área contribui para a polinização, para a regulação da qualidade do ar, do clima e da água, entre outros serviços ecossistêmicos.

BIBLIOTECAS DA UNIVERSIDADE DE SANTA CRUZ DO SUL (UNISC)


As bibliotecas da Unisc estão presentes em todos os campi (Santa Cruz do Sul, Montenegro, Capão da Canoa, Venâncio Aires e Sobradinho). É uma das maiores bibliotecas do Estado em termos de acervo, com mais de 400 mil exemplares, entre livros, periódicos, CDs, DVDs, folhetos, mapas, entre outros.

Além de empréstimo aos alunos, para contribuir com o desenvolvimento da região, proporciona livre acesso aos materiais para consulta local e no salão de leitura. Membros da comunidade ou egressos também podem utilizar os serviços das bibliotecas Unisc.

No ano de 2021, a biblioteca atendeu a comunidade acadêmica e geral através dos serviços de empréstimo via drive-thru, atendimentos virtuais por e-mail, rede social e whatsapp, totalizando mais de 3.800 atendimentos remotos. Também ofereceu 38 treinamentos das bases de dados, de forma virtual, para 489 pessoas. O número de empréstimos foi de mais de 24.400 materiais.